Logo Polígrafo Brasil

Contato direto:

Tel: (85) 3232 9022
Cel: (85) 999 957 562
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Avalie este item
(0 votos)

O polígrafo como ferramenta de confiança

O polígrafo também conhecido como maquina da verdade ou detector de mentiras é um instrumento muito utilizado na sociedade moderna. Mesmo se há algumas décadas atrás a sua utilização era primordialmente realizada nos Estados Unidos e por agencias do governo, isto se veio alterar com a proliferação não só do instrumento em si, mas também dos conhecimentos necessários à aplicação de testes fiáveis.


A pergunta, no entanto, é por que existe um polígrafo ou por que recorremos a um instrumento para saber se as pessoas estão sendo honestas ou não?


O polígrafo existe por que diferentes pesquisadores através da historia perceberam que a ansiedade gerava reações fisiológicas no organismo humano e que estas reações podiam ser registradas através de diferentes medidores.

No momento que podemos medir ansiedade a uma situação podemos também de certa forma medir um aumento da ansiedade quando uma pessoa está dizendo uma mentira ou intentando enganar.

O polígrafo que é um instrumento que registra alterações fisiológicas pode medir esse aumento de ansiedade e assim dar informação sobre o grado de ansiedade de alguém com respeito a um assunto definido.


Mas por que é tão importante saber se uma pessoa está enganando?


justiçaA razão de querer saber com certeza e confiança se uma pessoa está sendo honesta ou a mentir tem haver com uma procura de justiça. Queremos tomar decisões, quando somos chamados a tomá-las, que estão baseadas em informação verídica e por tanto procuremos aumentar o grau de confiança nas nossas decisões.


Um gerente de recursos humanos que está a ponto de contratar um funcionário quer ter a certeza que o futuro empregado não o está enganando no seu currículo e entrevista, um juiz que toma a decisão sobre um caso de homicídio quer ter a certeza que não está condenando à pessoa errada, um namorado a ponto de se casar para o resto da sua vida quer ter a certeza que sua prometida realmente não o tem tracionado com respeito ao seu passado.


Existem mil e uma situações na vida nas quais precisamos de tomar uma decisão importante e não queremos errar. Todas estas situações exigem que tenhamos confiança sobre a informação que conhecemos e nos apoiamos para tomar essas decisões.


Seria tudo mais fácil se as pessoas fossem honestas com respeito aos seus atos ou intenções mas todos sabemos que um funcionário que tem demonstrado comportamentos erráticos em empresas anteriores não vai querer de forma voluntária ressaltar esse aspecto numa entrevista de trabalho, que um homicida com toda probabilidade vai manter até o fim que é inocente e que uma empregada doméstica não vai querer assumir que bateu num dos nossos filhos.


Isto tudo faz que particulares, empresas e entidades publicas muitas vezes tenham que recorrer a profissionais para confirmar depoimentos, versões de pessoas para de esta forma ser mais justos nas suas decisões e atuações.

O polígrafo é sem nenhuma dúvida o meio mais cientifico que existe para medir o grau de honestidade de alguém, é o melhor meio para medir a confiança de forma científica. 


Por isso o slogan de Polígrafo Brasil é: Polígrafo Brasil “Confiança com Ciência.”

SEGUIR

COMPARTILHAR